Engenharia Mecanica o que faz

05-01-2020

Engenharia Mecânica: o que faz, o que é, onde trabalha

Saiba o que faz um profissional formado em Engenharia Mecânica. Carreira, onde atua, salários, tendências e mais.

 

A engenharia mecânica é uma das profissões mais em alta. Tanto comparando com as próprias engenharias, quanto olhando para o mercado de modo geral. Ainda assim, a maioria das pessoas não sabem o que um engenheiro mecânico faz.

 

Meme sabe o que um engenheiro mecânico faz

 

Também pudera. O campo de atuação desta profissão é vasto, e primordial para o desenvolvimento tecnológico. Trabalha com tudo que envolve máquinas e sistemas mecânicos. Desde produção de bens que fazem parte da nossa vida, como o glorioso ar condicionado, até tecnologias de ponta como indústria aeronáutica. Ficou interessado(a)? Então siga a leitura!

 

O que é Engenharia Mecânica:

A engenharia mecânica é a mais versátil das engenharias. Um profissional com esta formação pode atuar em diversas áreas, executando papel primordial no desenvolvimento e projeção de máquinas, equipamentos e ferramentas. Como já falamos, está por trás de tudo que envolve um sistema mecânico. E faz isso usando como base conhecimentos de física e matemática.

Sendo mais específico, o curso envolve disciplinas que ensinam a projetar, construir, analisar, operar e fazer a manutenção de sistemas mecânicos. Isso é traduzido no desenvolvimento e produção de carros, aviões, assim como equipamentos que fazem parte do nosso dia a dia, e até mesmo na construção de usinas de energia.

 

Passado e futuro da profissão:

Se pararmos para pensar, a Engenharia Mecânica foi e continua sendo uma profissão primordial para o desenvolvimento da sociedade. A 1ª revolução industrial, que surgiu na Inglaterra no final do século XVIII, teve sua origem no desenvolvimento da máquina a vapor. E sabe quem construiu essa belezinha? Foi Thomas Savery, considerado o primeiro engenheiro mecânico moderno.

Mesmo na 4ª revolução industrial, marcada pelas automações e pela internet das coisas, o engenheiro mecânico também exerceu e continua exercendo papel fundamental. Neste cenário, é claro, será necessário uma constante atualização com as novas tendências de engenharia. O que não deve ser nenhuma dificuldade para você que está começando sua carreira agora.

 

O que faz um Engenheiro Mecânico:

Se você já sacou o que é engenharia mecânica, já deve estar entendendo o que uma pessoa com esta formação faz. Mas vamos ser mais específicos.
Começaremos pela parte mais óbvia: este profissional é responsável por projetar, desenvolver e supervisionar todo tipo de sistemas mecânicos. E como já falamos, as áreas em que faz isso são super abrangentes. Vamos a algumas delas:

  • Indústria Metalúrgica;
  • Indústria Petroquímica;
  • Indústria Automobilística;
  • Indústria Aeronáutica;
  • Têxtil;
  • Energia;
  • Setor Público;
  • E além disso: pesquisa, bancos, entre outros.

Resumindo: o Engenheiro Mecânico está por trás do desenvolvimento de motores, veículos, aviões, máquinas, sistemas de aquecimento e refrigeração, ou seja, tudo que envolver mecânica, até mesmo projeção de usinas e fábricas.

 

O que não é tão óbvio assim, é que dentro das áreas apontadas acima, a atuação do Engenheiro Mecânico também pode variar. Projetar, desenvolver e supervisionar, já são tarefas específicas por si só, com diversas especializações. Além disso, o profissional também pode desenvolver skills de gestão para, em conjunto com seus conhecimentos, liderar equipes no desenvolvimentos de projetos em sua área.

Sem falar na área de pesquisa, onde o engenheiro busca por novas tecnologias que proporcionam os mais incríveis avanços no seu setor.

Como se já não fosse o bastante, existe ainda a possibilidade de atuar na área de vendas. Isso mesmo! O motivo é que em alguns setores a área comercial necessita de pessoas com conhecimentos técnicos amplos para apresentar aos clientes o funcionamento e as reais vantagens de um produto. É o que chamamos de venda técnica.

 

Profissão

Seguir a carreira de Engenharia Mecânica pode ser uma boa escolha se você considerar uma visão mercadológica. É uma profissão que está em alta. A demanda vem crescendo, tanto que dizem ser difícil para empresas preencherem suas vagas, pois não há profissionais o suficiente. Com isso, o nível de salário, mesmo em cargos iniciais, é bem interessante quando comparado com a maioria das outras carreiras.

Outra parte boa é a variedade de opções. As habilidades de engenheiros mecânicos são solicitadas em vários setores. Em todos os tipos de indústria, assim como em ramos diferentes. Além do que foi citado anteriormente, podemos incluir a celulose, açúcar, entre outros. Ficando de olho no futuro próximo (que já está mais para presente), podemos destacar especializações na área das impressões 3D, nanotecnologia, entre outras. Falaremos de tendência mais adiante.

Precisa ser formado em Engenharia Mecânica:

Para atuar na área, é necessário o bacharelado de Engenharia Mecânica. O curso dura em média 5 anos e normalmente inclui uma cadeira de estágio supervisionado.

 

Tendências na Engenharia Mecânica

Devido às grandes mudanças no mercado de trabalho (a maioria delas em decorrência da tecnologia), algumas profissões se encontram em risco. Ao mesmo tempo, tantas outras vêm sendo consideradas como tendência para o futuro.

Segundo o relatório “O futuro do emprego”, a engenharia mecânica pende mais para o lado positivo. Ou, pelo menos, não deve receber grande impacto em suas funções com a introdução de sistemas e máquinas de automatização.

 

Mas é preciso estudar e se especializar

Mesmo assim, muitas coisas devem mudar daqui pra frente. A indústria de impressoras 3D e os sistemas de inteligência artificial e de robotização prometem crescer rapidamente. E com isso, ao passo em que surgem novas oportunidades, também aumenta a variedade e necessidade de especializações. Quem não se atualizar, pode ficar para trás.

Segundo uma pesquisa da Page Group, 70% das crianças de hoje vão trabalhar com profissões que agora nem existem. E isso abre ainda mais margem para novas especializações no futuro. Mesmo que máquinas passem a construir máquinas, engenheiros e engenheiras devem seguir protagonistas de alguma forma, dado sua característica interdisciplinar.

Assim sendo, áreas como nanotecnologia e biomedicina também devem estar no radar da profissão em um futuro próximo. O que já vem acontecendo em indústrias emergentes como petroquímicas, celulose, álcool e gás, além de campos relacionados a sustentabilidade.

 

Salários na Engenharia Mecânica

Segundo o portal Vagas, o salário de um engenheiro mecânico formado, com carteira assinada, pode variar entre R$ 5.235,00 e R$ 9.284,00. Já o portal Guia da Carreira, aponta números maiores para quem atua na indústria, podendo chegar a R$ 12,412,00.

O que se mostra comum em todas as pesquisas, é a valorização de profissionais que desenvolvem suas capacidades de liderança e gestão de pessoas. Quem estiver disposto a trilhar o caminho rumo a cargos de diretoria, pode receber salários que superam a casa do R$ 40 mil.

Conte pra gente, agora você já sabe o que faz alguém formado em engenharia mecânica?
Se você gostou do nosso artigo, também pode gostar do nosso Guia de Profissões nas Ciências Exatas para 2020.