ciência da computação

13-02-2020

Faculdade de Ciência da Computação: o que eu vou aprender

Wiki das exatas: o que é a faculdade de Ciência da Computação? Quais as características do curso, o perfil e oportunidades profissionais.

 

A Ciência da Computação é uma das áreas que transporta as pessoas para o mundo virtual e suas infindáveis redes e conexões. As tecnologias de ponta tem ligação com essa área, tais como desenvolvimento de softwares, bancos de dado e até mesmo inteligência artificial e iOT.

Além disso, é uma das áreas em que o desenvolvimento profissional é crescente, com muitas oportunidades para os profissionais do futuro.

Se quer saber mais sobre a Faculdade de Ciência da Computação, continue lendo! Vamos esclarecer sobre a formação, o perfil profissional e o mercado de trabalho dessa área repleta de inovações e tecnologia.

 

O que é Ciência da Computação

Falar de Ciência da Computação é falar de softwares, hardwares, redes, sistemas integrados, dentre outros. É uma área das Ciências Exatas voltada para o estudo dos instrumentos, técnicas e metodologias computacionais.

Pois tem por objetivo automatizar processos e desenvolver soluções de dados. Com isso, o conhecimento da área envolve além dos computadores também banco de dados, telecomunicação e as aplicações tecnológicas que permitem atingir o tratamento de dados para transformá-los em informações.

Além disso, também desenvolve tecnologias digitais em celulares, máquinas e até mesmo equipamentos domésticos alargando seu campo de pesquisa e trabalho.
Como também as aplicações relacionadas as áreas de internet, redes de computadores e computação móvel estão sendo cada vez mais utilizadas.

 

A formação acadêmica da Computação

O curso de graduação em Ciência da Computação tem a duração de quatro anos, sendo oferecido em diversas instituições tanto na modalidade presencial quanto à distância.

A formação básica é composta de matemática, lógica, física, linguagens de programação, eletricidade e fundamentos da computação. São oferecidas também disciplinas optativas voltadas para a interação homem-computador e informação, comunicação e sociedade do conhecimento.

Desde o início do curso os alunos já começam a aprender programação. No entanto, as aulas de desenvolvimento de softwares e sistemas são introduzidas a partir do quinto período. Pois são desenvolvidas a partir de uma formação sólida em estrutura de dados, engenharia de software, desenvolvimento e análise de sistemas.

Além disso, o estágio curricular obrigatório ocorre a partir do quinto período. Ele tem por objetivo que o aluno possa desenvolver habilidades sociais, profissionais e culturais. E para isso desenvolve pesquisas, observações, visitas técnicas e exercício profissional.

Assim como o estagiário pode também atuar na área de desenvolvimento de novas tecnologias e novos sistemas. Como também pode oferecer suporte na programação e acompanhar atividades do setor.

 

O perfil profissional e o mercado de trabalho

O perfil profissional do bacharel em Computação tem alguns requisitos que são essenciais, tais como gostar de tecnologia e inovação, de lidar com números e ter um bom raciocínio lógico. Assim como ter familiaridade com programas e sistemas, códigos e telas, jogos e sites.

Dessa forma, o bacharel em Ciência da Computação pode ter uma atuação voltada para desenvolvedor e/ou programador, sendo:

  • Analista de Sistemas: elabora os requisitos para desenvolvimento de um software.
  • Arquiteto de Software: modela os sistemas e a infraestrutura que o software precisa para funcionar.
  • Gerente de TI: gerenciar projetos de softwares, coordenar equipes e planejar o desenvolvimento de sistemas
  • Docência ou Pesquisa: atua como professor em instituições de ensino ou desenvolve pesquisas tecnológicas.

De acordo com o site Glassdoor, a remuneração deste profissional segue uma avaliação do mercado de trabalho.

  • O estagiário com uma jornada de 6 horas diárias recebe R$1.224,00. Sendo que este valor pode variar de R$800,00 a R$1500,00.
  • Já o salário do recém-formado está em torno de R$2000,00. Sendo que um cientista da computação em uma fase intermediária de carreira pode ganhar em torno de R$62.000,00 por ano. Em cargos de gerência, o salário pode multiplicar exponencialmente.

É preciso considerar também que o profissional pode ganhar mais ou menos, dependendo de alguns aspectos, tais como:

  • da sua formação e da capacidade técnica
  • do envolvimento em trabalhos e projetos extracurriculares
  • dos cursos de capacitação e do tempo de mercado
  • do porte da empresa, da cidade de atuação, dentre outros.

O profissional da Ciência da Computação tem um mercado de trabalho ascendente com possibilidades de sucesso ao optar por atuar diretamente com as inovações tecnológicas.

 

Fontes:
https://blogdoenem.com.br/ciencia-da-computacao/
http://www.juventudect.fiocruz.br/ciencia-da-computacao