o que faz um estatistico

06-04-2020

Quer cursar estatística? Então você nasceu na época certa

Com grandes possibilidades no mercado atual e do futuro, o curso de estatística forma pessoas capazes de coletar, analisar e interpretar dados.

todo sobre faculdade estatistica

Os profissionais de estatística sempre foram valorizados no mercado. Mas, é inegável que o campo de estudo agora se tornou mais quente do que nunca.

 

Sexy Feeling Myself GIF by Laff - Find & Share on GIPHY

 

Duvida? Bom, é só uma questão de abrir os olhos e observar. Você já leu o post que escrevemos sobre as profissões de exatas do futuro? Parte dos cargos apontados na lista podem ser preenchidos por estatísticos. Por sinal, o primeiro da lista, Big Data, terá cada vez mais relevância, nos mais inimagináveis setores.

Você gosta de futebol? A estatística está presente na análise de jogadas e desempenho, na contratação de jogadores e até até na previsão de resultados. Se você procurar na internet, vai até encontrar profissionais que usam os conhecimentos da matéria para prever que a próxima jogada será gol. E é bem comum ver eles acertarem.

E mais: você acompanhou/acompanha o turbilhão de informações geradas pelo coronavírus? Então provavelmente se deparou com a grande preocupação em “achatar a curva de crescimento” do vírus. Quem calcula isso é o estatístico. Ele pode ajudar inclusive no desenvolvimento de medicamentos.

Outro exemplo é a bolsa de valores, ela está cheia de estatísticas. E as redes sociais também. Enfim, estamos sim falando de uma profissão que está crescendo exponencialmente nos seus índices de importância, de valorização e até de hype. Viu como a matéria pode ser até cool?

O único requisito para seguir a profissão é gostar de números.

High Five Big Bang Theory GIF - Find & Share on GIPHY

 

O que é estatística:

A estatística é a ciência que se dedica a coletar, analisar e interpretar dados. Ela se utiliza das teorias probabilísticas para compreender porque determinados eventos ocorrem em determinada frequência.

A estatística coleta e analisa os dados do passado e do presente, e assim consegue estimar probabilidades de algo acontecer no futuro. E este “algo” é basicamente tudo. Pode ir deste a probabilidade de um meteoro colidir com a terra, você ser atacado por um tubarão no deserto, ganhar na loteria, ou até mesmo entender se você tem mais chances de clicar em um botão se ele for azul, vermelho, amarelo, ou qualquer outra cor.

 

O que faz um estatístico?

Embora a aleatoriedade dos estudos sejam bem grandes, estatística não é um exercício de adivinhação. Justamente o contrário. Ela analisa dados para aumentar nossas certezas. Ou mesmo para ampliar nosso entendimento da realidade em que vivemos.

Por exemplo, o IBGE, o principal provedor de informações geográficas e estatísticas do Brasil, coleta e analisa dados da população brasileira em seu Censo Demográfico. A partir dele, podemos entender e ter uma leitura muito mais ampla da nossa população. Saber a média de idade, número de mulheres e homens, renda mensal por família, entre outros dados. Quem não se interessa, pode não entender motivo, mas estes números norteiam boa parte das decisões políticas e empresariais no país.

No mesmo sentido, a análise de dados tem cada vez mais relevância no mundo dos negócios. Pois é o que aumenta a assertividade das ações das empresas em quase todos os níveis, se não em todos. Assim sendo, o campo de atuação do estatístico é bem amplo. Em seguida colocamos alguns exemplos.

 

Áreas de atuação do profissional de estatística

Se você pensa que alguém formado em estatística só trabalha em empresas de pesquisa, está bem enganado. Estes profissionais têm lugar na indústria, em empresas do setor financeiro, no governo, no marketing e se duvidar até no RH. Aqui aprofundamos um pouquinho mais.

 

Área acadêmica:

É a parte mais óbvia. Quem aprende estatística, eventualmente pode ensiná-la. Mas não somente em cursos específicos de estatística, pois a matéria faz parte do currículo de vários outros cursos, como administração, marketing, matemática, e por aí vai.

 

Big data:

É provavelmente a área que mais cresce. Hoje, tudo é a base de análise de dados. Afinal, nossos computadores, smartphones e redes sociais carregam nossa vida inteira. O papel do estatístico é coletar os dados coletados em uma empresa para prever cenários, saber o que pode ser melhorado e o que deve ser aproveitado para aumentar as vendas.

 

Bioestatística:

É a mistura de matemática e biologia. O estatístico é responsável por coletar e analisar dados em pesquisas da área de biologia, ajudando na criação de novos tratamentos e medicamentos.

 

Computação:

Ajuda a criar programas para facilitar a coleta de dados necessários para determinado setor. Também ajuda na análise e aprimoramento de sites, aplicativos e plataformas. Monitorando e mapeando o comportamento dos usuários.

 

Financeiro:

Estatísticos têm vagas garantidas em bancos, seguradoras e financeiras. Em uma seguradora, por exemplo, pode calcular a probabilidade de uma pessoa de determinado sexo, em determinada idade, se envolver em um acidente ou ter seu carro roubado, e é isso que manda em toda a estratégia de preços e cálculos desta empresa. Em financeiras, podem avaliar e calcular o risco de investimentos, influenciando a própria empresa ou seus clientes na decisão do que irão fazer com o dinheiro que querem aplicar.

 

Indústria:

Sim, estatísticos tem vagas na indústria também. Controle de qualidade de um produto (aplicando técnicas de amostragem), prever cenários de vendas, cálculos de expansão. As possibilidades mudam conforme o setor.

 

Inteligência Artificial:

A estatística tem um papel muito importante no aprimoramento da Inteligência Artificial e do Machine Learning. Embora seja necessário conhecimentos em computação, o que se diz, é que esta área envolve muito mais matemática e estatística do que computação e TI. Como também é uma área de grande crescimento, que promete novas revoluções muito em breve, trata-se de uma excelente oportunidade de especialização, principalmente se você gosta bastante de novas tecnologias.

 

Marketing:

Estatística tem tudo a ver com marketing, cada vez mais, conforme vamos nos aprofundando no mundo online. O estatístico ajuda a calcular os resultados de uma campanha de marketing, gerando inúmeros insights para que as mesmas possam ser aprimoradas. Também analisam o perfil dos consumidores, mapeando comportamentos e tendências de compra.

 

Pesquisa:

Aqui podem estar as “empresas de estatística”. Quem trabalha com pesquisa, tem como tarefa planejar, organizar e executar a coleta de dados, assim como analisá-los para gerar insights e obter conclusões. Este tipo de pesquisa pode ser aplicado para criar um novo produto ou uma nova empresa, avaliar o momento de um negócio, medir tendências de consumo, analisar os dedos demográficos de determinada região, pesquisas eleitorais, e por aí vai.

 

Como se tornar um estatístico?

O primeiro passo para se tornar um estatístico vem de dentro de cada pessoa: você gosta de números?

Space Exploration Thumbs Up GIF - Find & Share on GIPHY

Se sim, siga para o próximo passo: você gosta MUITO de números e cálculos matemáticos?

D&D Yes GIF by Hyper RPG - Find & Share on GIPHY

A gente poderia ficar aqui dia inteiro fazendo esta mesma pergunta de diferentes maneiras (somos bem criativos para isso), mas não seria em vão. Para se tornar uma profissional ou um profissional de estatística, é preciso gostar bastante de matemática. Do contrário, você tem grandes chances de começar o curso e desistir no meio do caminho. Ah! Respondendo a pergunta: você pode fazer um bacharelado em estatística. E estudar bastante!

A parte boa é que estamos falando de um curso sem muita concorrência no vestibular. Mesmo assim, embora seja “mais fácil” entrar neste curso do que em outros, é muito mais difícil de terminar do que a maioria. Assim sendo, não se iluda. Mas, é um esforço que vale a pena.

Como falamos, a profissão está em alta, tem uma boa remuneração, e os seus seguidores têm grandes chances de participar de grandes revoluções no mercado.

 

Falando nisso, quanto vou ganhar se fizer estatística na faculdade?

Segundo dados divulgados em 2013 pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a carreira de estatística é a que apresenta a segunda melhor remuneração entre as carreiras de nível superior no Brasil, estimando um valor médio de R$ 5.416 ao mês. Bem semelhante ao cálculo do portal Vagas, de R$ 5.168,00.

Apesar disso, é sempre bom ter em mente que os valores vão mudar muito conforme a cidade, o setor da empresa contratante e o seu cargo. Mais ainda se você se aventurar e usar seus conhecimentos para abrir sua própria empresa.

 

Diz pra gente, nosso post te deixou mais perto ou mais longe de fazer estatística? Aproveite para ler nosso post sobre “o que faz um programador”, profissão que também usa bastante dos conhecimentos da matéria.